A emissão monstruosa de papel-moeda ameaça o Dólar e Euro?

Published on agosto 16, 2010 by   ·   6 Comments

A emissão monstruosa de papel-moeda

7/8/2010

A fragmentadora de papel ameaça os tigres de papel Dólar e Euro?

Uma grande peça de teatro é encenada no palco mundial para tentar nos convencer de que o Euro foi “salvo” novamente. Até os gregos puderam vender novamente seus títulos do tesouro. E deve ter sido assim mesmo, porém, a pergunta é : para quem? Para os gerentes dos fundos de pensão ou para o BCE? Na realidade, isso só é um jeito de arrumar mais tempo para que os países do Euro possam imprimir suas novas moedas em quantidades satisfatórias; isso está acontecendo por toda parte. O objetivo é possibilitar um “graceful exit” do Euro no segundo semestre de 2010 – caso seja necessário, pois a próxima crise do Euro vez com certeza.

É por isso que o Dólar norte-americano está sob pressão. Não somente em relação às outras moedas, mas ele vem sendo impresso maciçamente e querem aumentar tal prática. Nas últimas semanas apareceram diversas notícias a respeito de um programa monstruoso de monetarização do FED. Algo assim: o FED “goes all in” no mercado de derivativos OTC. Eles gostariam de garantir 25 trilhões de Dólares em derivativos Credit Default Swap (CDS), que se sustentam nas Commercial Mortgage Backed Securities (CMBS), ou seja, nos títulos de uma carteira de diversos créditos de escritórios, shoppings etc. Estes créditos apresentam atualmente uma enorme desvalorização, principalmente nos EUA através da queda do consumo típico de uma depressão na qual o país se encontra. Já no início de 2010, foi anunciada uma redução monstruosa do crédito para Commercial Real Estate (CRE) nos EUA, e na Europa ela apareceu agora.

É só aguardar e confirmar que Heli-Bem Bernanke deverá arrematar quantidades gigantescas destes CMBS com dólares emitidos recentemente, como ele já está fazendo com o RMBS da Fannie Mae e Freddie Mac. Ou ele deverá sustentar os emissores destes CDS, como foi feito com a AIG. E tudo isso em paralelo com 80% dos correntes Títulos do Tesouro norte-americano que o FED arremata com Dólares frescos. O restante 20% deve ser comprado por bancos centrais estrangeiros.

GRÁTIS: Receba Atualizações em seu E-mail:

Confirme em sua Caixa de Entrada ou Spam Agora!

Pergunta-se então, quem é o aleijado e fraco dentre as “reservas monetárias”, o Euro ou o Dólar? Na realidade, ambas são “papel higiênico’, o Dólar tingido de verde, o Euro colorido. É somente uma questão de tempo até que todos estejam liquidados, pois entrementes a inflação dá seus primeiros sinais. Da China temos notícias que se avizinha um crash de proporções estrondosas, principalmente nos imóveis: 65 milhões de novas residências e cidades inteiras estão vazias.

Conforme nos foi informado, é assustador a quantidade de lojas e imóveis vazios nos centros das cidades européias. É claro que isso não é anunciado no sião-eletrônico, pois tal fato não endossa a mentira de recuperação econômica anunciada para iludir as ovelhas – NR.

Ouro

É auto-explicável que diante do monstruoso programa de emissão de dólares, o preço do ouro deve ser reprimido, pois assim evita-se a fuga das divisas para o ouro. Na semana passada, todos os meios foram empregados para isso, mas somente durante um curto período conseguiu-se uma modesta redução de 100 Dólares, algo para US$ 1.160/onça. Nada mais foi possível. O ouro depositado pelos clientes dos bancos é usado por estes na venda ou empréstimo.

Tão logo a crise dos derivativos apontar no horizonte, o preço do ouro irá disparar novamente. No decorrer de agosto e setembro deveremos ter um novo all-time-highs e ultrapassar a marca dos 1.300 dólares/onça.

Assim que aconteça algo mais sério no sistema e o preço do ouro disparar, mas não recuar mais, nós podemos ter em poucos dias algo em torno de $ 10.000/onça. Isso não poderá ser evitado eternamente. No início de maio, isso quase aconteceu. Então nada mais será possível fazer.


Walter Eichelburg, engenheiro.

O autor do artigo não é um consultor financeiro, mas sim um investidor em Viena – NR.

Este artigo apareceu na revista ef-online, de 07 de agosto de 2010.

GRÁTIS: Receba Atualizações em seu E-mail:

Confirme em sua Caixa de Entrada ou Spam Agora!

LEIA TAMBÉM: Assuntos Relacionados

Tags: 

Readers Comments (6)
  1. Marcos disse:

    Fábio, Devemos e vamos rezar sim , porém é preciso saber que o próprio JESUS falou: É preciso que tudo isso aconteça. ( Está em mateus 24 ). Não sabemos os caminhos do PAI CRIADOR Nosso Deus Altíssimo. Antes das eleições fiz uma pesquisa , principalmente aos que defendiam o PT. Perguntei a 20 pessosas o que era e o que constava no PNDH3 . de 20 pessoas, 21 responderam que não sabiam. Estes são os votos da Senhora DILMA . Fazer o que ?

  2. anônimo disse:

    a coisa é mais séria do que se possa imaginar…a população está passando por tudo isso e não tem nem noção do que vem por aí…quando a bomba estourar de uma vez levará a população mundial ao pânico e à miséria.

  3. Meu Deus este investidor acertou em cheio. O governo americano anunciou neste fim de semana 01/11/2010 que vai injetar 600 bilhões na economia americana. O Brasil vai se dar mal com isso, já foi falado. Então quando a Dilma entrar vai encontrar um rojão. A Maezinha também disse que o Brasil vai ter turbulência. Vamos rezar………………………..

  4. Católico disse:

    Ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha, plebe rude

  5. PLEBE RUDE disse:

    E certo que logo mais a Europa e USA estão a beira do abismo, e uma nova ordem mundial esta a ser posta no mundo, aonde a China e o Brasil de Dilma serão as novas potencias do mundo

  6. Matheus disse:

    tá feia a coisa!





Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.

.

GRÁTIS: Receba Atualizações em seu E-mail:

Clique no link em sua Caixa de Entrada ou Spam para confirmar a inscrição.
.
Categorias
Pesquisar
.