Ponto da situação no Médio-Oriente

Published on março 5, 2011 by   ·   3 Comments
OBS: A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL SÓ COMEÇARÁ EM 2012, 100 DIAS DEPOIS DA MANIFESTAÇÃO DO ANTICRISTO, QUANDO UM AVIÃO ESPIÃO DOS EUA CAIR EM ISRAEL, SEGUNDO AS PROFECIAS PASSADAS AO CLAUDIO HECKERT, O CALICE SAGRADO IRÁ SER ACHADO TAMBÉM NA CASA ONDE CAIR O AVIÃO , JUNTO COM UM MANUSCRITO ESCRITO AO PUNHO DE JESUS, RELATANDO OCORRIDO.

Eis a analise de um analista francófono independente sobre a situação no Médio-Oriente… é mais ou menos aquilo que suspeitávamos:

A população maioritariamente xiita (como é o regime iraniano, e isso é muito importante), do Bahrein contesta o poder sunita.
Perto do Bahrein situa-se a Arábia Saudita, primeiro exportador de petróleo, cujo o poder, tal como o Bahrein, está na posse dos sunitas.

A coalizão israelo-sunita está prestes a ser quebrada, em outras palavras, a divisão árabo-muçulmana sunita/xiita deixará de ser válida e dará lugar a uma frente árabo-muçulmana xiita unificada, ao lado do Irão para formar um equilíbrio de forças geo-estratégicas, tal como foi acordado pela elite da maçonaria, para acionar o terceiro conflito internacional.

Para isso, só falta um colapso financeiro económico dos EUA.
O início dos preparativos para o terceiro conflito internacional foi eficaz desde a primeira quinzena de Janeiro de 2011, através da “revolução popular ” na Tunísia, e formalizado a 11 de Fevereiro 2011 com a saída do Egípcio, Hosni Mubarak.

A elite da maçonaria criou ferramentas digitais (incluindo as redes sociais como o “Facebook”) para servir como uma arma de dois gumes. Em outras palavras, a juventude, tanto egípcia como tunisina, caiu numa armadilha preparada pela elite da Maçonaria, cujo objetivo não é um passo em frente rumo à democracia, muito pelo contrário, um passo em frente rumo ao 3º conflito internacional em que o bloco ocidental e islâmico confrontar-se-ão!

Ao contrário do que possa crer a população árabo-muçulmana, essas revoluções não avançam para uma democracia, mas sim para uma terceira guerra mundial.
Sem essas diferentes “revoluções populares”, as divisões árabo-muçulmanas sunitas e xiitas ainda seriam válidas e a frente Israelo-muçulmana sunita (Israel – Egipto – Arábia Saudita – Bahrain) ainda estaria intacta, e o Estado de Israel não isolado. Ao isolar Israel, as condições para um confronto, « mundo árabo-muçulmano (xiitas) / mundo ocidental judaico-cristão», estarão reunidas…

Agora, ainda segundo fontes francófonas, vamos ver o testemunho de uma alemã, ex-funcionaria de ministério (aposentada) que tem uma casa na Tunísia onde passa 6-8 meses por ano:

Ela conseguiu voltar para a Alemanha na terça-feira … aterrorizada. Seu carro foi atacado na estrada do aeroporto (na Tunísia, não em Frankfurt ;-) )

GRÁTIS: Receba Atualizações em seu E-mail:

Confirme em sua Caixa de Entrada ou Spam Agora!

As estradas são ocupados por centenas de milhares de fugitivos que acampam nas bermas. Eles não têm nem emprego, nem casa ou comida.
Os turistas desapareceram e por isso os nativos ficaram sem renda. Os jovens na beira das estradas estão armados com paus, pedras e por vezes armas, eles atacam qualquer coisa que passe. O ódio era inicialmente voltado para o governo, mas agora a situação está completamente fora de controle e todos atacam todos – especialmente os “estrangeiros”.

Ela conhece pessoas em Marrocos e Arábia Saudita. Lá também a situação começa a ficar tensa. Mesmo que a mídia não fale, pode explodir de um dia para o outro. A questão já não é saber se vai haver uma guerra civil, mas quando.

Norte de África e Médio-Oriente são uma única pólvora. O ódio contra o governo, os EUA e o Ocidente em geral.

Se os americanos tentarem se intrometer no conflito, isto vai esquentar, mesmo que eles apenas tentem expulsar os déspotas na Líbia. A população rejeita qualquer intervenção estrangeira, o que seria para eles como uma declaração de guerra.

Grupos, que querem destruir a infra-estrutura energética, organizam-se, assim que os EUA tentam intervir em algum lugar.
Eles querem punir dessa maneira os americanos e todo o Ocidente pelo o apoio ao longo de décadas a seus governos despóticos.
Pode-se imaginar o que isso significa para o preço do petróleo, especialmente no que diz respeito à Arábia Saudita.

O clima é tão extremo, que poderia se transformar numa guerra mundial.

Fim do testemunho…

fonte- PROVA FINAL

GRÁTIS: Receba Atualizações em seu E-mail:

Confirme em sua Caixa de Entrada ou Spam Agora!

LEIA TAMBÉM: Assuntos Relacionados

Tags: 

Readers Comments (3)
  1. catia disse:

    Avião teleguiado norte-americano cai no PaquistãoAeronave caiu em zona tribal, em região que EUA considera base da Al-Qaeda.Tropas dos EUA uzam drones de vigilância no país.

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/09/aviao-teleguiado-americano-cai-no-paquistao.html

  2. Angelo disse:

    Em mensagem póstuma, Bin Laden exalta rebeliões no Oriente Médio
    http://noticias.uol.com.br/bbc/2011/05/19/em-mensagem-postuma-bin-laden-exalta-rebelioes-no-oriente-medio.jhtm

    Tão achando que essas rebeliões é para trazer mais democracia e otimismo para o oriente médio, quanta gente iludida. Ta sendo criado mais radicais nessas rebeliões.

  3. viviane disse:

    Nós também deveríamos nos revolta contra estas sociedades secretas, deixou o Ocidente em terríveis problemas sociais e morais.
    Temos que acorda como eles, não contra nos mesmos.
    Mas contra as SOCIEDADES SECRETAS.
    Utilizar toda a maquina que inventaram ao longo do séculos contra ELES.
    Aí sim, eles sentiram na pele o que é sofrer.

    Valeu a todos
    Vamos refletir
    Tens medo de morrer.





Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.

.

GRÁTIS: Receba Atualizações em seu E-mail:

Clique no link em sua Caixa de Entrada ou Spam para confirmar a inscrição.
Categorias
Pesquisar
.
Reverter Diabetes
.